X

Caso tenha alguma questão que nos queira colocar, clique no botão “Desejo Ser Contactado” e envie os seus dados. Obrigado e até breve!

A doença de Parkinson (DP) é uma doença neurodegenerativa progressiva comum e complexa que resulta da morte precoce de neurónios dopaminérgicos na pars compacta da substância negra projetada para o corpo estriado. A etiologia desta doença não é totalmente conhecida, no entanto, estudos indicam que a combinação de factores genéticos e ambientais podem despoletar a doença. 

10 sinais iniciais da doença de Parkinson

Esta patologia é caracterizada por 4 sinais cardinais relacionados com défices no controlo motor, especificamente a presença de tremor em repouso, lentidão de movimentos/bradicinesia, rigidez muscular e instabilidade postural. 

Contudo, o quadro clínico da doença de Parkinson também apresenta um amplo espectro de sintomatologia não motora que é identificada no início do curso da doença, sendo que na maior parte dos casos, manifesta-se antes da patologia ser diagnosticada, e alguns dos quais, precedem o aparecimento de sintomas motores. Os sintomas não motores encontram-se divididos em alterações do funcionamento do sistema autónomo, perturbações do sono, perturbações cognitivas e psiquiátricas e alterações sensoriais. Assim, pode se verificar a presença de sintomas como sudorese/seborreia excessiva, excesso de saliva, alterações no ciclo circadiano e sonolência diurna, hipotensão ortostática, disfunção erétil e urinária, demência, dor generalizada, fadiga, alterações do humor, depressão, anedonia, alterações/queixas de memória e perda parcial ou total do olfacto. 

Estudos sugerem que a disfunção de dopamina nesta patologia prejudica as funções cognitivas e motoras, interferindo com a chamada dupla tarefa, que é  um pré-requisito para a realização de grande parte das actividades do nosso quotidiano.  Deste modo, indivíduos com doença de Parkinson, apresentam restrições na participação em actividades significativas, comprometimento no desempenho dos seus papéis ocupacionais bem como aumento da dependência funcional e por conseguinte diminuição da qualidade de vida. 

Equipa de Terapias da DomusVi Dom Pedro V