X

Caso tenha alguma questão que nos queira colocar, clique no botão “Desejo Ser Contactado” e envie os seus dados. Obrigado e até breve!

Soraia Vaz é, actualmente, Técnica de Atendimento da DomusVi Possolo 24. O seu percurso teve início na DomusVi Clínica da Lomba, Unidade em Vila Nova de Gaia, em 2014, como Técnica de Apoio Pessoal. “Entrei na DomusVi como Técnica de Apoio Pessoal. Seis anos depois mudei de papel para Técnica de Manutenção. Em Março de 2020 vim para a Unidade de Lisboa para ser Técnica de Atendimento. Esta constante evolução permitiu-me evoluir enquanto pessoa e profissional, uma vez que é importante para mim abraçar novos desafios”.

A passagem por vários papéis na DomusVi Clínica da Lomba conferiu a Soraia Vaz um elevado conhecimento do quotidiano da Unidade. “A minha formação é em Gerontologia e começar por Técnica de Apoio Pessoal forneceu-me uma ampla perspectiva complementar aos meus estudos. Neste papel consegui compreender as reais necessidades da Unidade e dos Clientes. A mudança de papel para Técnica de Manutenção já foi mais desafiante, uma vez que tive que aprender diversos conceitos novos, nomeadamente nas áreas da eletricidade, canalização, construção e gestão de stocks. Foi uma importante experiência para o meu percurso profissional porque eu era responsável por manter tudo operacional para que as diferentes equipas pudessem fazer o seu trabalho”.

Carreiras DomusVi _ Soraia Vaz, Técnica de Atendimento da DomusVi Possolo 24

Beatriz Sambade, Gestora de Pessoas da DomusVi Portugal refere que “As pessoas são o activo mais importante na nossa organização. Cuidamos das nossas pessoas. Valorizamos a cultura e alinhamento de cada uma das pessoas e estamos atentos à evolução do seu perfil. Permitimos a progressão de carreira, quer através da mudança de papéis, quer através da passagem de um papel mais operacional para um papel de gestão ou liderança. Temos vários exemplos destas mudanças e orgulhamo-nos de cada um deles.” 

Com a abertura do papel Técnica de Atendimento para a DomusVi Possolo 24, Soraia Vaz foi seleccionada e transferida da Unidade de Vila Nova de Gaia para a Unidade de Lisboa. Soraia Vaz revela “Foi um enorme desafio, pois, apesar de já ter dado algum apoio e suporte às Técnicas de Atendimento da DomusVi Clínica da Lomba, mudei novamente de área e tinha consciência de que teria que aprender a desempenhar novas tarefas e habituar-me às necessidades de uma unidade diferente.”

Soraia Vaz afirma que “O balanço é muito positivo, pois já tive oportunidade de superar novos desafios e a minha aprendizagem é contínua. Estou muito feliz neste papel!”

Por se tratar de uma organização de cuidados a pessoas, a DomusVi Portugal olha  para as pessoas como elementos vitais na prossecução dos seus objectivos. Proporcionar a evolução pessoal e profissional é essencial para que as pessoas DomusVi se mantenham motivadas e comprometidas com a organização.