X

Caso tenha alguma questão que nos queira colocar, clique no botão “Desejo Ser Contactado” e envie os seus dados. Obrigado e até breve!

Na demência ocorre deterioração da memória, do pensamento, do comportamento e consequentemente da capacidade de realizar de forma independente as tarefas de vida diária. Esta síndrome é uma das principais causas de incapacidade e dependências, a nível mundial, das pessoas mais velhas, tendo impacto no doente, nos cuidadores e na família. 

Devido ao aumento da esperança média de vida, bem como a outros factores, prevê-se que o número de pessoas afectadas duplique em 2030 e triplique em 2050. No entanto, em alguns países europeus a incidência/prevalência da demência encontra-se estável e até em decréscimo. Estes valores estão relacionados com uma maior consciencialização da população dos factores de risco e das intervenções não farmacológicas. 

Para prevenir o processo demencial existem comportamentos que devem ser adquiridos durante todo o percurso de vida, como por exemplo, ter um sono de qualidade, executar actividade física regular, ter uma alimentação variada e equilibrada, não consumir substâncias ilícitas e/ou tabágicas, e, se existir, um consumo de bebidas alcoólicas esporádico e moderado.

Estratégia global de prevenção da demência

A socialização frequente e a participação social são de igual forma essenciais quando o objectivo é a prevenção da demência. Os estímulos do meio a que somos sujeitos, quando saímos de casa, participamos em actividades ou socializamos, exercitam o nosso cérebro aumentando o número de ligações neuronais.  As intervenções não farmacológicas, referidas anteriormente e usadas de forma abrangente em países do norte da Europa, podem de igual forma ter como objectivo a prevenção da demência. As intervenções não farmacológicas são frequentemente sessões de estimulação cognitiva que permitem maximizar o funcionamento cognitivo e promover o bem-estar da pessoa através da execução de diversas e diferenciadas actividades.

Equipa de Terapias da DomusVi Dom Pedro V