X

Caso tenha alguma questão que nos queira colocar, clique no botão “Desejo Ser Contactado” e envie os seus dados. Obrigado e até breve!

Portugal é um dos países mais envelhecidos a nível europeu e com tendência a agravar-se (INE, 2015).

Com o envelhecimento populacional em crescimento exponencial, torna-se necessário repensar em formas de intervenção que permitam assegurar a qualidade na prestação de cuidados e por sua vez promover a qualidade de vida no Idoso.

O Plano Individual no Idoso

Como estratégia, foi criado o plano individual do idoso (PI), muito utilizado em estruturas residenciais para idosos (ERPI), com grande impacto e importância no aumento da qualidade de vida dos idosos ali residentes.

Um plano individual, é constituído por objectivos definidos para cada cliente e respetivas intervenções, de forma a garantir uma melhor integração na residência e por sua vez aumentar e melhorar o envelhecimento ativo. Os objectivos do plano são:

Os objectivos são definidos com base na entrevista realizada ao Cliente/Familiar/Representante Contratual/Cuidador, de acordo com as suas patologias, grau de dependência na execução das atividades de vida diárias e personalidades de cada um, adequando as intervenções às necessidades individuais existentes.

Na DomusVi utilizamos este método de intervenção, e o plano é revisto com a periodicidade definida pela DomusVi para cada tipo de situação, de forma a garantir o cumprimento das intervenções delineadas. Salvaguardando que a equipa multidisciplinar se encontra alinhada para que o objectivo previamente definido seja atingindo, criando espaço para novos objectivos.

 

Maria Vaz

Maria Vaz  – Enfermeira